Bymarcus.saliba

Novidades (transparência)


Novidades da versão 1.1.5

1 – Atualizações estruturais

O GeoObras está passando por uma migração de plataforma de desenvolvimento para melhor atender as demandas dos jurisdicionados e internas. Em breve termos novidades e um novo layout para você!

Novidades da versão 1.1.4

1 – Correção na pesquisa de municípios na tela principal e na página de contatos

Havia um problema referente a acentuação que colocava os municípios iniciados por “Á” no final da listagem de municípios. O problema foi solucionado.

Novidades da versão 1.1.3

1 – Adaptações para de pesquisa por entidade estadual no módulo “Fiscalizando com o TCE”

Agora no módulo transparência é possível procurar obras apenas de entidades estaduais – Todas ou de uma em específico. Para que o sistema “Fiscalizando com o TCE” funcionasse corretamente, algumas adaptações foram necessárias.

Novidades da versão 1.1.2

1 – Inclusão da funcionalidade de pesquisa por entidade estadual

Agora no módulo transparência é possível procurar obras apenas de entidades estaduais – Todas ou de uma em específico.

Novidades da versão 1.1.1

1 – Integração para o Projeto Fiscalizando

Algumas adaptações técnicas foram necessárias para que o sistema fosse adequado e permitisse a integração com o projeto Fiscalizando;

2 – Integração com CRTCE

Agora, o contato do Cidadão com o TCE acontece com a criação de um CRTCE com número de protocolo, permitindo o acompanhamento;

3 – Correção de busca pelo município

O sistema não fazia a busca corretamente e a pesquisa por município não trazia resultados. O problema foi corrigido;

4 – Criação do rodapé institucional

Por demanda da diretoria atual, todos os sistemas externos devem conter um rodapé padrão para contato com o CRTCE;

5 – Atualização de referências de imagens

Imagens das obras não estava sendo exibidas por erro na montagem do link. O problema foi corrigido;

6 – Ajustes para exibição de Licitantes Vencedores

Alguns ajustes foram realizados para adaptar a alteração de exigir arquivos de licitante vencedor nas licitações;

 

 

Novidades da versão 1.0.0

1 – Atualização de acesso ao banco de dados

Algumas adaptações foram necessárias para remover o plugin terceirizado que permitia o acesso ao Oracle, sendo agora utilizado o plugin nativo;

2 – Ajustes no upload

Ao enviar arquivos, o sistema não fazia corretamente o upload de mais de um arquivo em um e-mail;

3 – Adaptações para tratar o uso do CNPJ integrado ao código do órgão do SGI

Algumas adaptações foram feitas para permitir a integração com o SGI;

4 – Inclusão do controle de versões

Alterações técnicas e estruturais para implantação do controle de versões;

5 – Adaptação para alteração de servidor

Ajustes foram necessários para realizar a alteração de servidor;

6 – Correção da apresentação de imagens no IE9

Após atualização do navegador IE, ao clicar na aba “Imagens da Obra” a tela travava em cinza (como se estivesse carregando) e não terminava de carregar;

7 – Correção na aba “Contato”

Quando o usuário digitava muitos caracteres nos campos da aba contato, o contato truncava no tamanho esperado. Todos os campos foram configurados para comportar os tamanho adequados;

8 – Tamanho dos arquivos enviados

Foi configurada uma limitação de tamanho nos arquivos enviados (5 MB);

marcus.saliba administrator

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Geo-Obras é um sistema de acompanhamento de obras públicas implantado pelo Tribunal de Contas a partir de Janeiro de 2014, por meio da Resolução nº 16/2013 e tornou-se obrigatório aos jurisdicionados Estaduais e Municipais que licitam e contratam obras públicas por meio da Instrução Normativa 06/2013.

O sistema baseia-se em informações cujo preenchimento de dados é de inteira responsabilidade dos jurisdicionados que se obrigam a envia-las dentro dos prazos definidos na Instrução Normativa 06/2013 – Anexo I.

O sistema foi implementado de maneira que o preenchimento e envio de dados em formato editável (.doc, .xls, .odt, .dwg, etc.) constitui um conjunto de processos lógicos e encadeados alinhados com as exigências legais e normativas quanto à execução de obras ou serviços de engenharia pelos entes públicos.

É um sistema que pode ser empregado inclusive como ferramenta de apoio aos jurisdicionados, auxiliando no controle de etapas e documentos afetos às obras e serviços de engenharia.

O sistema foi concebido em três módulos:

  • Jurisdicionado
  • Auditor
  • Transparência

O módulo jurisdicionado é de uso exclusivo dos órgãos e entidades estaduais e municipais, os quais possuem a responsabilidade de preencher e manter as informações relativas à licitação, contratação e execução das obras e serviços de engenharia atualizadas.

O módulo auditor é de uso exclusivo do TCEMG no exercício das suas atribuições de fiscalização.

Todas as informações cadastradas pelos jurisdicionados são disponibilizadas para acesso em tempo real no módulo Transparência.